Piyawat Harikun, de 17 anos, foi encontrado morto em frente ao computador, que ficava no quarto do adolescente, na segunda-feira (4).

Era feriado escolar e o menino aproveitou para realizar uma maratona de games no computador. Piyawat costumava virar noites desafiando outros jogadores online.

O pai de Piyawat, Jaranwit, foi quem encontrou o corpo do jovem. O tailandês, que é oficial da Marinha, tentou reanimar o filho, mas não obteve sucesso. Eu gritei o nome dele e disse: 'Acorde, acorde!' Não consegui ver que ele já estava morto", declarou Jaranwit, segundo o site "Unilad".

Ao lado do corpo foram achadas caixas de comida para viagem e uma garrafa de refrigerante. Médicos disseram que o adolescente sofreu um derrame cerebral, que segundo os profissionais, foi causado pela exaustão de jogar no computador sem descanso por toda a noite.

Em maio de 2019, o vício em videogame (formalmente conhecido como transtorno de jogo) foi oficialmente reconhecido pela Organização Mundial da Saúde como uma doença.

Foto: Reprodução

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS