Seis turistas brasileiros foram presos, no último domingo (12) suspeitos de terem invadido uma área restrita e sagrada de Machu Picchu, no Peru, e além disso, defecarem no local. A polícia peruana informou que o grupo, formado por quatro homens e duas mulheres, entre eles dois brasileiros, um francês, dois argentinos e um chileno, invadiram a área onde os visitantes locais faziam oferendas ao sol.Algumas partes do templo são preservadas e por motivos de segurança, proibidas a turistas.

De acordo com informações do IG, os turistas entraram no Templo do Sol e foram encontrados por guardas florestais e policiais.

"Os seis turistas foram detidos e estão sendo investigados pelo Ministério Público pelo suposto crime contra o patrimônio cultural ”, disse Wilbert Leyva, chefe da polícia de Cuzco, em comunicado oficial.

Ele ainda informou que as autoridades encontraram uma “fratura” num pedaço de pedra que causou rachadura no chão. Caso sejam condenados, os turistas podem pegar, no mínimo, quatro anos de prisão.

Eles podem responder por crime contra o patrimônio cultural Foto: Reprodução/Pixabay

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS