O vereador Celestino Denardin (PSD), de Braganey, no Paraná, foi multado por assistir filmes pornográficos durante o expediente de trabalho.

O político terá que pagar R$ 30 mil por ter acessado esse tipo de site no computador de seu gabinete.

A denúncia ao Ministério Público Estadual foi feita pelo presidente da Câmara da cidade, Adriano da Silva. Celestino confessou e precisou assinar o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para garantir que ele não acesse mais sites pornográficos no trabalho.

O presidente da Câmara afirmou que o vereador corre o risco de ser investigado por quebra de decoro parlamentar.

Foto: Reprodução

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS