O último lugar em que se deve compartilhar informações muito pessoais é na internet. A razão é simples: evitar golpes que visam invadir contas online e roubar dinheiro da vítima, além da preservação da privacidade contra o abuso de empresas que exploram dados comercialmente. As informações são do Techtudo.Veja 7 dias de formações que nunca devem ser tornadas públicas na web.

Dados bancários

Nunca compartilhe os seus dados bancários nas redes sociais, mesmo que seja apenas o nome do banco, a agência e o número da conta. Essas informações podem ser usadas para falsificar e-mails e correspondências como forma de enganar a vítima e fazê-la entregar mais dados ou pagar um boleto falso com dinheiro que vai parar na conta do criminoso.

Informações de trabalho

Evite divulgar detalhes sobre o seu trabalho. Esse tipo de informação pode ser usada por criminosos em diversos golpes baseados em roubo de identidade.

Localização

A localização é um dos principais pontos de fragilidade da segurança. Entregue a informação apenas se ela for crucial para o funcionamento do serviço, como no caso de aplicativos de mapas. Em redes sociais, evite publicar check-ins para toda a sua rede de contatos.

Informações sobre filhos e rotina

Evite publicar fotos, nome e endereço da escola dos filhos e outras informações sobre a rotina da família. Uma simples imagem pode servir para identificar o local onde a criança estuda, horários de saída e chegada, entre outros detalhes que facilitam golpes e até sequestros. O mesmo vale para férias e viagens: nada de dizer publicamente os dias em que a casa estará vazia.

Endereço e telefone

Evite preencher perfis de redes sociais com todos os seus dados pessoais. Não inclua o seu endereço nem o número de telefone. Informações expostas podem cair nas mãos de criminosos e facilitar golpes envolvendo, por exemplo, a contratação de serviços que exigem pouca ou nenhuma verificação de identidade, como planos de celular e de TV.

Fotos de documentos pessoais

Fotos da identidade, carteira de habilitação, passaporte e outros documentos nunca devem ser postados online. Com essas informações em mãos, criminosos podem aplicar golpes mais sofisticados que envolvem até a abertura de contas bancárias (para receber dinheiro de roubo) e solicitar empréstimos.

Fotos de ingressos, bilhetes e passagens aéreas

Nunca poste na Internet a foto de nada que contenha código de barras ou similares. Esse tipo de informação pode servir para falsificar ingressos, bilhetes de ônibus e trem ou passagens aéreas apenas pela imagem.

Dados bancários estão entre informações que nunca devem ser compartilhadas na internet. Foto: Reprodução

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS