O anúncio da Petrobras da redução do preço da gasolina e do diesel em 3% nas refinarias não está alcançando o consumidor final. De acordo com o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Estado do Pará (Sindicombustiveis-PA) essa diminuição não está sendo praticada pelas distribuidoras aos postos, sendo que algumas teriam até elevado o valor do litro, em compensação à redução anterior.

Em nota emitida pelo sindicato, é admitido que diversos consumidores têm reclamado diretamente nos postos de venda de combustíveis, cobrando a redução anunciada. Esse movimento tem levado os representantes destas empresas a esclarecer diretamente no sindicato que as reduções, quando ocorrem, chegam a cerca de 0,7% no preço de gasolina e diesel.

De acordo com o Sindicombustíveis-PA, os postos não são obrigados a baixar os valores quando a redução se refere ao combustível puro na refinaria, mas “manifesta seu interesse em ver o preço do combustível mais baixo para o consumidor, porém esbarra na falta de repasse das reduções pelas distribuidoras”.

“É fundamental esclarecer, portanto, que os postos atuam no último elo da cadeia e estão sempre vinculados ao preço praticado pelas distribuidoras, que nem sempre repassam as variações de preços na refinaria divulgadas pela Petrobras. (...). O preço ao consumidor depende do preço cobrado pela distribuidora, as quais não repassaram a íntegra da redução aos postos. Portanto, se a empresa não receber redução, como tem ocorrido, o preço ao consumidor não pode sofrer a redução esperada”, detalha o texto divulgado.

CUSTO

No mesmo documento, o sindicato informa que o preço da refinaria não leva em consideração o custo da mistura do etanol anidro (adicionado em percentual de 27% na gasolina da refinaria) na gasolina, ou do biodiesel (adicionado no percentual de 11% a 15% no diesel da refinaria) no diesel. E ainda que entre outubro e abril de cada ano ocorre o período da entressafra da cana de açúcar e etanol, o que eleva o valor do etanol, combustível comercializado entre as usinas e distribuidoras.

NÚMEROS

3% - O anúncio da Petrobras foi de redução do preço da gasolina e do diesel em 3% nas refinarias.

Sindicato afirma que consumidores têm reclamado diretamente nos postos porque não sentiram a redução no preço da gasolina Foto: Marcos Santos/Arquivo

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS