A Operação Carnaval 2020 da Polícia Rodoviária Federal iniciada na última sexta-feira (21), e tendo continuidade até a 23:59h de quarta-feira (26), a fiscalização foi estruturada com reforço de policiamento em trechos e horários críticos nas rodovias federais de maior movimento no Estado do Pará. Este ano, ocorreu uma grande força tarefa composta por diversos órgãos do Governo Federal, Estadual e dos Municípios, possibilitando um maior número de agentes e consequentemente, resultados expressivos ao longo da operação.

Com o foco nas principais condutas irregulares e associadas com maior número de acidentes como: ultrapassagens irregulares, mistura álcool e direção, falta de equipamentos de segurança, as equipes envolvidas fiscalizaram 5.977 veículos e 7.375 pessoas, além de realizar 5.151 testes de etilômetro.

Resultado

137 CNHs recolhidas por irregularidades no documento; 424 CRLVs recolhidos por irregularidades nos veículos.

3.090  autos de infração, sendo:362 por ultrapassagem em local proibido ou por forçar ultrapassagem;169 por condução de motocicleta sem capacete;124 por falta do uso de cinto de segurança;27 por direção sob efeito de álcool (constatação);126 por recusar-se a realizar teste de etilômetro;15 pessoas presas por dirigirem sob efeito de álcool.

Acidentes e mortes

A PRF registrou 07 acidentes graves e 04 mortes em decorrência de acidentes de trânsito. Os números são um pouco maiores do que os do ano passado, onde foram registrados 07 acidentes graves e 02 óbitos.

Vítimas fatais

De acordo com as autoridades, três dessas mortes aconteceram em somente um acidente, ocorrido na manhã de sábado (22), na BR 010, município de Dom Elizeu. Na ocasião um caminhão invadiu a contra mão e colidiu frontalmente com outro caminhão. Já a outra morte aconteceu em na BR 163, santarém/PA, ocasionada também por uma colisão frontal entre um carro e uma motocicleta.

Foto: Divulgação/PRF

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS