Neste domingo (27), a partir das 8h, ocorrerá a Procissão da Festa, a terceira mais antiga romaria do Círio de Nazaré e a penúltima procissão da quadra nazarena. A expectativa da Diretoria da Festa de Nazaré e do Dieese é que 10 mil fiéis participem desta caminhada, que tradicionalmente possui um trajeto diferente a cada ano.

Este ano, a romaria sairá da Comunidade São Braz, localizada na Passagem Tapajós, com entrada pela Avenida Gov. José Malcher, entre Castelo e 14 de abril, e percorrerá esta avenida, passando pela Avenida Generalíssimo Deodoro, Nazaré até a Praça Santuário, com previsão de 2h de duração.

Realizada há mais de 110 anos, a Procissão da Festa acontece sempre no 2º domingo após o Círio. Antigamente, a procissão costumava sair de dentro da Basílica, pois não existia a Praça Santuário. A Imagem Peregrina é conduzida no carro Berlinda. A missa antes da procissão será celebrada por Dom Bernardino Marchiò, Bispo de Caruaru, em Pernambuco.

História Não se sabe precisamente quando a primeira Procissão da Festa foi realizada, mas já há alguns registros de 1881. Era realizada à tarde, até que uma chuvarada em 1953 passou-a para a parte da manhã, o que aconteceu em 1954. Em 2000, no dia 22 de outubro, a procissão coincidiu com o Jubileu de Ordenação de Dom Vicente Zico, Arcebispo Metropolitano de Belém na época. Por esse motivo, a Procissão saiu da Praça Santuário para a Catedral, onde foi celebrada uma missa solene no tablado armado em frente à Igreja. A Imagem da Santa foi levada no mesmo carro utilizado no Traslado para Ananindeua, cedido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Em 2001, a romaria passou por todas as comunidades que fazem parte da Paróquia de Nazaré, em um percurso total de 4,3 km.

Foto: Divulgação/Agência Belém

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS