Uma das grandes preocupações de quem tem um animal de estimação em casa é o possível contágio do coronavírus para os pets. A Organização Mundial da Saúde (OMS) está monitorando pesquisas sobre a relação entre os animais de estimação e a covid-19.

O medo acabou se tornando mais evidente quando um cachorro apresentou um nível fraco de infecção em Hong Kong. Porém, os donos de pets podem ficar tranquilos. Até o momento, não há evidências de que os animais podem ficar doentes ou transmitir o vírus. Apesar disso, é importante tomar alguns cuidados com cães e gatos.

Em casos de pessoas infectadas pelo Covid-19, o ideal é evitar contato próximo com os pets, para evitar riscos para ambas as partes. Já quem não apresenta nenhum sintoma e mantém os animais por perto, não deve esquecer as boas práticas de higiene o cuidar do animal. Além disso, o indicado é usar a máscara facial para manter contato físico com o pet. Outra dica importante é evitar beijar, lamber ou compartilhar alimentos com esses animais.

Durante os passeios, evite locais com aglomerações, como praças lotadas, por exemplo. Procure locais isolados, distante de outros tutores, a fim de evitar a transmissão do vírus entre humanos.

Seguindo essas dicas básicas, você e o seu bichinho de estimação estarão seguros.

Foto: Reprodução/Henrique Kawaminami/Campo Grande News

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS