Nesta quinta-feira (16), uma jovem mãe da cidade de Poços de Caldas, no Estado de Minas Gerais, descobriu que ela havia se tornado personagem de uma postagem que viralizou nas redes sociais, com uma foto feita dela sem autorização. Na imagem, ela aparece segurando o cinto de segurança de uma mochila infantil, com o filho dela ao lado, enquanto mexe no celular. Na postagem, foi acusada de colocar a criança em uma “coleira”. O caso ocorreu com a jovem Amanda Massoni. Ela fez uma postagem em defesa própria, nesta quinta-feira, após ver a imagem dela e do filho circulando nas redes sociais. Na montagem, feita com a foto dela, estava escrito: “Quando você pensa que já viu de tudo, aparece uma mulher com o filho na coleira pra mexer no celular… estamos do avesso mesmo…”.  Amanda precisou explicar que o filho dela tem autismo, por isso era mais seguro usar a mochila com o cinto de segurança, e que solicitava um carro de aplicativo quando foi flagrada. “Está circulando essa foto minha com meu filho dizendo que meu filho está na coleira e eu no celular. Primeiro meu filho é autista ele não entende se eu falar que é pra ele ficar perto de mim , ele sai correndo pro meio da rua , segundo eu estava parada pedindo uber , as pessoas não entende , isso pra proteção e segurança dele eu estou indo até delegacia pra chegar em quem fez isso , a pessoa me expõe nas redes sem saber de nada da minha vida”, escreveu Amanda. A publicação feita por Amanda Massoni teve mais de 17 mil curtidas e 7 mil compartilhamentos. (DOL)

Foto: Reprodução Facebook

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS