Um homem invadiu uma empresa e matou duas pessoas na tarde desta

sexta-feira (20) na zona sul de São Paulo.

Segundo a Polícia Militar que atendeu a ocorrência, o homem é

funcionário da empresa, onde trabalha duas vezes por semana. Na

confraternização de final de ano o homem discutiu com colegas de trabalho, e fez ameaças.

Ele entrou na empresa e atirou contra um grupo de pessoas, atingindo duas mulheres fatalmente. Uma

terceira pessoa estaria ferida, mas ainda não há confirmação se é

uma vítima ou o próprio atirador. O ferido foi socorrido ao Hospital São

Paulo, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Segundo o centro médico, ele chegou ao local baleado na

região do braço, próximo à axila, e com quadro de confusão mental. Por volta

das 18h30, ele estava sendo levado ao centro cirúrgico. O hospital não informou

a gravidade do caso.

Everaldo Ferreira, de 38 anos, estava no salão que é proprietário

e fica em frente à empresa de tecnologia no momento dos disparos. "Ouvimos

os tiros em torno das 17 horas e pouco, foram uns 2, 4 tiros. Saiu gente

para fora, umas 3, 4 pessoas. Aí a polícia chegou, chegou logo em seguida, e

teve mais uns 4 tiros", descreve. "Os clientes do salão ficaram

assustados, foi aqui na frente."

Foto: Reprodução

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS