O estudo anual do faturamento dos clubes mais ricos do mundo

foi divulgado nesta terça-feira (14) pela consultoria inglesa “Deloitte”. A 23ª edição do ranking

mostra um aumento de 11% nos rendimentos combinados, excluindo taxas de

transferência, dos 20 principais times do mundo, que juntos alcançaram um

faturamento recorde de 9,3 bilhões de euros na temporada 2018-19.Lembra dele? Zagueiro Henrique finalmente está de volta

Pela primeira vez o Barcelona está no topo da lista com € 840,8 milhões (R$

3,8 bilhões na cotação atual) em receitas. O Real Madrid caiu para a segunda

colocação, com uma renda de 757,3 milhões de euros, e o Manchester United

continuou em terceiro. O Arsenal ficou fora dos 10 primeiros da lista pela

primeira vez.

A ascensão do

Barcelona ao topo é um sinal claro de "um clube que se adapta às condições

de mercado oscilantes" atraindo merchandising e licenciando atividades em

suas instalações, de acordo com Dan Jones, sócio do Sports Business Group da Deloitte.

"O Barça

está a caminho de concretizar sua ambição declarada de ser o primeiro clube de

1 bilhão da Liga do Dinheiro nos próximos anos".

O Bayern de

Munique continua na quarta posição, e o Paris Saint-Germain aparece em quinto,

à frente do Manchester City.

Veja

a lista dos 10 primeiros:

Reprodução

FPF altera horário de jogos da primeira fase do Parazão

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS