“Quem quer

dinheiro?”. A frase do apresentador e empresário Silvio Santos se tornou um mar

de esperança para quem deseja ganhar um extra em momentos não tão propícios

para receita, bastando apenas à pessoa participar de provas em auditórios e

contar com a sorte. No caso do Clube do Remo, longe de qualquer etapa de

gincana em estúdios, mas, nos gramados, a Copa do Brasil faz tal

questionamento, nesta quinta-feira (20), às 21h30, em um verdadeiro ‘jogo do

milhão’ diante do Brusque, no interior de Santa Catarina. Ao todo, R$ 1,5

milhão estará ao alcance em caso de vitória e classificação à terceira fase do

torneio nacional.Remo quer acabar com tabu de adversário catarinense na Copa do Brasil

Para sair

com a bolada nos cofres, o time precisa vencer o Quadricolor no estádio Augusto

Bauer. Qualquer empate no tempo regular e a partida será definida nas

penalidades máximas. A comissão técnica tem preparado a equipe para o

compromisso desde a última quinta-feira (13), quando soube da marcação via CBF,

ao poupar base do time titular e focar na logística. A atenção e cuidado por

parte dos responsáveis faz todo o sentido.

No melhor

cenário para os azulinos, que seria uma vitória tranquila sem chance para a

loteria que são as cobranças na marca da cal, o valor é capaz de arrumar a casa

remista tranquilamente. Hoje, a folha salarial azulina gira em torno de R$

350/375 mil. Sendo assim, o valor da cota já garantiria quatro meses de

salários, fora os ‘trocados’. Pelo lado patrimonial, que seria investir na

iluminação do estádio Baenão, um dos focos da diretoria para este ano, o valor

também resolveria de imediato o empecilho, já que o projeto inicialmente foi

orçado em R$ 500 mil.

Sabedores

da importância do duelo, além de poder fazer com que o Mais Querido torne a

disputar a terceira fase da competição após 17 anos – na época a terceira fase equivalia

às oitavas de final -, os jogadores não querem desperdiçar a oportunidade. “É

um jogo decisivo e de bastante estratégia. Acredito que o professor já tenha

analisado bastante o time deles lá. Vamos trabalhar esses dias em cima disso. O

time do Brusque é um time bom e com certeza o grupo e o elenco quer fazer a

nossa partida e sair classificado”, disse o centroavante Giovane, autor do gol

azulino na vitória de sábado (15) e que está entre os cotados para jogar na

quinta-feira.

Para Giovane (à direita), time azulino estará preparado para enfrentar e vencer o Brusque Foto: Divulgação/ Ascom Remo

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS