Monica Benini, esposa do músico Junior Lima, fez um relato emocionante sobre o nascimento do filho deles, Otto, em outubro de 2017. Nesta quinta-feira (3/5), a fotógrafa e designer esclareceu o porquê de ter escolhido dar à luz sem anestesias, e em sua própria casa.

Em seu site oficial, Monica divulgou fotos e vídeos do momento da chegada do bebê. Ela revelou, também, que Junior ficou ao seu lado por 33 horas, tempo total da duração de seu trabalho de parto. A artista tinha uma equipe de parteiras e médicas à disposição.

1/10Monica Benini é casada com o cantor Junior LimaReprodução

2/10Em seu site oficial, ela fez um relato emocionante sobre partoReprodução/Lela Beltrão

3/10Ela e o músico são pais de Otto, que nasceu em outubroReprodução

4/10A fotógrafa revelou ter optado por dar à luz sem anestesia Reprodução/Lela Beltrão

5/10O parto ocorreu na casa do casal, em São PauloReprodução/Lela Beltrão

6/10Os momentos do parto foram clicados pela fotógrafa Lela BeltrãoReprodução/Lela Beltrão

7/10No relato, a designer abre o coração a respeito de ser mãeReprodução/Lela Beltrão

8/10O trabalho de parto durou 33 horasReprodução/Lela Beltrão

9/10Monica conta que Junior não a deixou em nenhum minuto sequerReprodução/Lela Beltrão

10/10Otto é o primeiro filho do casalReprodução

“As contrações eram muito intensas, e eu só pensava que, a cada uma delas, nosso bebê estava um pouquinho mais perto de nós. Assim seguiram-se 7 horas. As três horas mais intensas de dor do meu trabalho de parto foram lavadas pela água morna que caía do chuveiro”

Mais sobre o assunto Fotógrafo faz relato emocionante sobre se tornar pai adotivo Jovem que engravidou aos 11 anos comove com relato emocionante Mãe de menino com Down faz relato emocionante sobre preconceito Com o intuito de “viver por inteiro”, Monica optou por não abdicar de anestesia. “Eu sempre ponderei muito sobre como eu gostaria que meu filho chegasse ao mundo e minha maior vontade sempre foi a de me permitir escutar meu corpo”, contou. “E assim, sentada, com meu marido abraçado em minhas costas, pude viver o momento mais inexplicável da minha vida”, completou.

“Ele nasceu em nosso quarto, em frente à nossa cama, depois de 33 vigorosas horas”, acrescentou Monica, concluindo: “Demoramos quase uma hora para que, então, o papai cortasse o cordão umbilical. Eu mal consegui chorar, mas meu peito fervilhava. Já naquele momento entendi perfeitamente que uma nova versão de mim nascera, muito mais forte, confiante e plena”.

“…Me entreguei por inteiro, permiti que meu corpo se fizesse morada, me conectei dia após dia com a força que é gerar uma vida dentro de si. Me conectei com meu bebê. Nós conversamos, meditamos, dançamos… ele no balanço leve do líquido amniótico e eu no movimento punk que é renascer para tornar-me mãe. Desde essa época que somos um só, falamos a “mesma língua”, existimos num uníssono ímpar e potente…” MEU RELATO DE PARTO | completo, no www.monicabenini.com.br Foto: Lela Beltrão | Vídeo: Bia Takata

Uma publicação compartilhada por M O N I C A B E N I N I (@monicabenini) em 3 de Mai, 2018 às 8:19 PDT

Fonte: Metropoles

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS