O cantor e compositor paraense Alcyr Guimarães, 68, continua internado em estado grave na UTI do Hospital Guadalupe, em Belém. Ele foi internado no início da noite de quarta-feira, 15, apresentando insuficiência cardíaca e diabete melito, agravados por um quadro de pneumonia. Desde a manhã de ontem, o artista respira com a ajuda de aparelhos para garantir sua recuperação, além de receber remédios para pressão.

De acordo com o boletim médico, Alcyr encontra-se “em estado grave, porém estável”. A irmã dele, Zildinha Sequeira, contou que o músico sofreu um infarto alguns dias atrás, mas só teriam percebido quando ele começou a queixar-se das dores que o levaram a ser hospitalizado. O músico já vinha tendo sintomas da fibromialgia, doença que causa dores pelo corpo, com a qual havia sido diagnosticado ano passado.

Amigos e familiares têm usado as redes sociais para pedir orações para o músico. “Vamos orar fervorosamente para que Deus opere e o Príncipe Dourado possa retornar ao nosso convívio, são e salvo!”, escreveu o músico Paulo R. Guedes. A filha de Alcyr, Fernanda Guimarães, contou que o telefone do pai encontra-se cheio de mensagens em busca de notícias e com votos de melhora. “Eu não estou dando conta de atender a todos. Mas realmente fico muito grata, são muitas mensagens de apoio, muitas orações”, disse. Ainda de acordo com ela, será necessária uma melhora no quadro de saúde do músico para que ele tenha condições de ser submetido a qualquer procedimento cirúrgico-cardiológico.

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS